Mário Patrão: “Este é um ano zero, mas sinto que estamos no bom caminho”

Publicado por em 16 de Abril de 2015

Mário Patrão

Mário Patrão

Depois de um arranque inglório na edição de 2015 do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, com uma queda a ditar o abandono na prova inaugural em Góis, Mário Patrão foi mais feliz no Raide TT da Ferraria, segunda prova da temporada e que se realizou este fim-de-semana no concelho de Gavião.

Agora aos comandos de uma KTM, moto com a qual prepara conquistar novos horizontes além-fronteiras, Mário Patrão mostrou-se mais ambientado à máquina austríaca neste Raide TT da Ferraria e mesmo depois de uma aparatosa queda ainda no sábado, por ocasião do prólogo de 20 quilómetros cronometrados, no domingo progrediu ao longo das quatro voltas a um percurso na ordem dos 60 quilómetros terminando no 2.º lugar final.
“Esta prova terminou melhor do que começou. No prólogo dei uma queda que me deixou bastante maltratado, a mim e à minha KTM, mas no domingo tentei encontrar o meu ritmo e fui subindo gradualmente volta após volta até chegar ao segundo posto absoluto”, referiu o piloto português do Crédito Agrícola. “Vamos continuar focados no trabalho que estamos a fazer, este é um ano zero mas sinto que estamos no bom caminho. Preciso rodar mais com a mota e voltar a ganhar a confiança que tinha para chegar aos bons resultados”, concluiu Mário Patrão.

No programa desportivo de 2015 de Mário Patrão está a participação na continuidade do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, bem como algumas provas do “Mundial” de Ralis TT como preparação do Dakar 2016.

texto: comunicado Conceito Media

  • Pin It
  • Print Friendly and PDF

Você deve estar logado para comentar Login