Portugal azarado na Holanda no Quad-Cross Europeu das Nações

Publicado por em 13 de Outubro de 2014

Pedro Silva

Pedro Silva

Um variado sortido de azares estragou o dia à selecção nacional no Quad-Cross Europeu das Nações. Ainda assim, a equipa lusa terminou esta competição no 9.º lugar.

Em Markelo, na Holanda, a chuva caída ontem e durante a noite deixou a pista em mau estado, muito lamacenta e com regos altos. Hoje não choveu durante as corridas, mas a humidade foi uma constante, tornando as condições bastante duras para homens e máquinas.

A selecção nacional registou uma tremenda dose de azares, com um piloto lesionado, duas quedas, um furo e um problema mecânico a condicionarem fortemente o desempenho do trio lusitano nas três corridas que constituíam a Final deste “Europeu” por países.

As adversidades começaram logo na primeira manga, quando Diogo Campos seguia em 9.º e foi abalroado por outro piloto a meio da prova. O aparatoso acidente deixou o português com um extenso hematoma e muitas dores nas costas, mas ainda assim acabou a manga em 19.º, sendo autorizado pelos médicos a correr na última manga, embora com moderação.

Azar teve João Vale na mesma corrida, pois rodava no 7.º posto quando já na segunda metade da prova sofreu uma queda, e com muito tempo perdido cruzou a meta apenas no 15.º lugar. Já na segunda manga, Vale registou mais outro momento difícil, pois ocupava a 5.ª posição quando furou um pneu dianteiro sensivelmente a meio da corrida, tendo de moderar drasticamente o ritmo para chegar ao fim em 16.º, já com o pneu fora da jante.

Nessa segunda manga Pedro Silva entrou em acção, mas também ele averbou a sua dose de azar. Ocupava o 10.º posto quando saiu da trajectória ideal e ficou plantado num rego de lama, com as rodas no ar – o tempo gasto para retomar a função ditou o 20.º lugar.

Na terceira e última manga, mesmo com muitas dores Diogo Campos estoicamente voltou à pista, mas para cúmulo partiu o triângulo da suspensão de uma roda dianteira, acabando assim no 22.º lugar. Por sua vez, Pedro Silva teve um desempenho regular e fechou a sua estreia neste “Europeu” das Nações com um 14.º posto. Apesar de todos os contratempos, Portugal obteve o 9.º lugar, deixando ainda à sua rectaguarda três equipas.

Classificação: 1.º Holanda, 17 pontos; 2.º França, 24; 3.º Grã-Bretanha, 32; 4.º Estónia, 32; 5.º Dinamarca, 45; 6.º Irlanda, 58; 7.º Lituânia, 60; 8.º Noruega, 69; 9.º Portugal, 84; 10.º Itália, 93; 11.º Holanda B; 12.º República Checa.

  • Pin It
  • Print Friendly and PDF

Você deve estar logado para comentar Login